• Italo xavier

Como qualificar os colaboradores da sua empresa?

Atualizado: 19 de jul.

Ter um time de colaboradores que realiza o trabalho com eficiência e excelência é o sonho de todo empresário.


Mas alguém já te contou o que é preciso fazer para alcançar esse resultado?


Confira nesse artigo: Como qualificar o seu time de colaboradores, e aumentar a eficiência e excelência nos projetos e ações da sua empresa.

Acompanhamento do colaborador

O primeiro passo para qualificar os seus colaboradores, é primeiro ter uma visão geral de cada um deles.


Elaborando um perfil comportamental, e introduzir um plano de crescimento profissional para os colaboradores. Tudo baseado em suas competências, habilidades e resultados, tudo alinhado ao objetivo e metas da empresa.


Empresas que fazem uso desse tipo de gestão de pessoas obtêm melhores resultados e assertividade ao formar uma equipe, pois conseguem unir habilidades complementares ou divergentes, dependendo do que é esperado como meta, incentivando o trabalho em equipe e valorizando o crescimento profissional de cada colaborador por meio das métricas analisadas no plano de crescimento profissional.


Confira abaixo algumas das vantagens de fazer acompanhamento dos colaboradores abaixo:

 

1. Desenvolver habilidades exigidas no mercado atual

No cenário atual, o ambiente de trabalho está em constante mudança. E os requisitos nos diferentes cargos tem se tornado cada dia mais desafiadores. Dessa maneira, para um colaborador ter sucesso em sua empresa é fundamental compreender as habilidades que ele precisa desenvolver, para assim cada dia ser um profissional de excelência.


2. Acompanhamento de evolução & dedicação do colaborador

Com um plano de crescimento do profissional, você pode acompanhar passo a passo, cada pequena evolução de seus colaboradores, e ter um controle das áreas com maior evolução, e uma visão do que focar para o futuro com cada colaborador.


É uma ótima forma para contratar treinamentos individuais e personalizados, para tornar os seus colaboradores em profissionais de destaque, o que torna isso um grande diferencial para a sua empresa: Se gabar de profissionais capacitados e de destaque.


3. Onboarding para novos colaboradores

Introduzir esse sistema de crescimento profissional, é uma ótima forma de engajar novos colaboradores da sua empresa, tendo em mente que ao iniciarem seus serviços, a empresa se preocupa com o rendimento e trabalho do mesmo, e deseja vê-lo evoluir e melhorar a cada dia.


 

Focar no objetivo comum

Um grande erro de líderes, é investir em treinamentos, contratações de colaboradores, mas não alinhar tudo isso a um objetivo...


Qual seu grande objetivo? aumentar o volume de vendas? a retenção de clientes? tente deixar isso o mais claro possível para os seus colaboradores, e deixe claro que todas as ações deles devem estar alinhadas a isso.


Antes de fazer qualquer coisa, se pergunte: "Isso está alinhado ao objetivo da empresa?"


As melhores equipes são compostas por pessoas com diferentes perfis comportamentais e que apresentam variedade de competências e habilidades, trabalhando em prol de objetivos comuns.


Para isso, é fundamental que haja a comunicação constante acerca dos objetivos estratégicos da organização, assim como de seus projetos, as suas dificuldades e os seus avanços.


Os colaboradores precisam entender qual o seu papel dentro da empresa e quais as expectativas que os gestores têm no desenvolvimento do seu trabalho, refletindo tais necessidades no relacionamento com os demais membros da equipe.


Isso se torna mais fácil com o plano de carreira citado anteriormente, já que se tem uma visão geral de cada colaborador, com as ações e melhorias necessárias alinhadas com o objetivo da empresa.


Quando todos caminham no mesmo sentido, os resultados da equipe são potencializados e mais fáceis de serem atingidos.


Comunicação clara e transparente

Uma coisa que você como líder deve estimular entre a sua equipe é a comunicação.


Uma equipe de colaboradores deve estar em sintonia, e discutir as ações, o planejamento, e o dia a dia na empresa.


A troca de ideias entre as pessoas estimula a construção de saberes comuns. Na realidade, equipes eficientes conseguem respeitar diferentes opiniões e, por meio do diálogo, são capazes de construir uma ideia consolidada.


É muito importante também deixar claro para os colaboradores que os mesmos são bem vindos para participar das ideias de negócio, sugerindo mudanças, críticas e opiniões sobre os projetos. E cabe a você, líder, estimular isso em cada um deles.


Além de trazer um sentimento de pertencimento à instituição, pode ser que saiam grandes e boas ideias de seus colaboradores, e cabe aqui também uma participação ou gratificação para boas ideias.


Reconhecer os esforços


O reconhecimento de boas práticas é uma tarefa importante para manter a motivação e a autoestima de cada um dos membros de uma equipe empresarial.


Bons resultados são obtidos quando há análises reais e honestas sobre o desempenho de cada colaborador, apontando as falhas e os caminhos para corrigi-las. (tarefa fácil de se realizar com um plano de acompanhamento profissional)


Os gestores e líderes precisam aprender a recompensar quando o colaborador executa bem uma tarefa, incentivando-o a continuar progredindo e trazendo bons resultados para a empresa.


Tal reconhecimento pode ser feito individualmente ou em grupo, dependendo da estratégia a ser adotada.


Uma ótima maneira de recompensar os esforços, de uma maneira "automática" é por meio da criação de metas.


Uma loja, por exemplo, pode criar metas de vendas para os seus colaboradores, e quando essa meta é alcançada, o(s) colaboradores são recompensados de alguma maneira.


Veja abaixo mais sobre recompensa por metas:


O que são metas?

Meta é a definição do caminho, tempo e meios que serão empregados para alcançar um objetivo.


Com isso, o objetivo é de fato aquilo que se deseja alcançar, que é a principal necessidade ou vontade. E para ascender a ele é importante direcionar-se ao seu encontro. E esse é o objetivo das metas!


Outro termo de extrema relevância que precisamos conhecer é o planejamento. As metas precisam ser muito bem descritas, detalhadas e planejadas para que sejam bem executadas e tenha sucesso em seu direcionamento.


Podemos simplificar dessa forma:


OBEJTIVO + VALOR + PRAZO

AUMENTAR RETENÇÃO DE CLIENTES + EM 20% + NOS PRÓXIMOS 16 MESES


É muito importante deixar todos os pontos claros, e além de explicitar os objetivos e metas, mostrar o caminho a ser seguido para alcançar tais metas.


Por isso um planejamento é tão importante.


Metas SMART

Uma técnica muito usada por grandes empresas, se chama Metas SMART, que traduzindo a sigla do inglês temos:


S= Específica, M= Mensurável, A= Atribuível, R= Realista, T= Prazo definido.

Como colocar em prática a meta de vendas?

Agora que já sabemos o que são metas e como as construímos, de que forma a área comercial pode definir metas de vendas e como se planejar para alcançá-las?


Não se esqueça de que, antes de estipular metas de vendas, é necessário conhecer bem o objetivo, que é de fato onde você deseja chegar. Esse objetivo precisa ser algo mensurável e atingível.


Para explicar como funciona um plano de metas, vou usar um exemplo.


Vamos imaginar, que a empresa "Corporate Sertão" quer colocar em prática um plano de metas, para que o seu faturamento seja R$2.000.000,00 em um período de 12 meses.


Para isso acontecer, deve se ter uma média de ao menos R$166,666,00 de faturamento mensal, correto?


É interessante também, se ter o valor do ticket médio da sua empresa. Qual a média de preço dos seus produtos? quantos produtos devem ser vendidos no mês para esse faturamento ser alcançado?


Para isso, podemos fazer um cálculo simples de ticket médio:


O cálculo é feito, somando os valores das vendas dos produtos, a quantidade de vendas de cada um, e depois é feito uma divisão para se obter uma média, entre o total do valor de venda, pelo número de vendas.


Observe abaixo a planilha para um melhor entendimento:

Produto "A"

Produto "B"

Produto "C"

​Totais

Valor:

​R$859,00

129,00

​14,90

Quantidade:

11

26

56

93

​R$9449,00

R$3354,00

R$834,40

​R$12537,40

Ticket médio:

R$134,81

Assim, será criada uma métrica que ajudará a prever o percentual de venda em cada período, o que auxiliará no planejamento de vendas e das metas.


Voltando ao exemplo, se a empresa precisa de um faturamento mensal de pelo menos R$166.666,00 e o seu ticket médio é de R$134,81 será necessário em média 1236 vendas no mês, para alcançar tal objetivo.


O que é preciso, é distribuir esse número de vendas entre os seus colaboradores, e alinhar os objetivos, técnicas de vendas, e tudo que for necessário para alcançar tais metas.


Lembrando que esse número de vendas é uma MÉDIA. É possível que a meta mensal seja alcançada com bem menos vendas que a estipulada.


E claro que existem formas e técnicas para alcançar essa meta de maneira mais simples.

Uma ótima maneira, é com um FUNIL DE VENDAS técnica que quando combinada com tráfego pago, é muito eficiente.

A estratégia consiste em atrair um grande número de pessoas, normalmente por meio de anúncios, para o topo desse funil.


A partir dessa atração, vai se educando e engajando essas pessoas, até se tornarem LEADS, que podemos definir como pessoas interessadas em seu produto, e potenciais clientes.


Com o decorrer do funil, esses leads viram OPORTUNIDADES, com conteúdos nas redes sociais, e-mails sobre como o seu produto pode ser útil para esse lead, e qualquer ação que convença esse lead que o seu produto faz sentido para ele.


No fim, essa oportunidade chega a decisão de compra, e se torna um cliente.


Fazer um funil eficiente não é uma tarefa simples, e um profissional de marketing pode ajudar e muito o trabalho.


Aqui na leal, ajudamos os nossos clientes a mais de 5 anos a alcançar os seus resultados, nas mais diversas áreas do negócio.


Clique no botão abaixo, e entre em contato conosco!



Será um prazer conhecer você!








7 visualizações0 comentário