• italoxver

Como um diagnóstico estratégico ajuda seu negócio?

Você já deve ter ouvido falar em diagnóstico estratégico, e talvez já se perguntou: "Como isso ajuda meu negócio?"


Esse artigo é para você.


Você sabe o que é um diagnóstico estratégico?


O diagnóstico estratégico corresponde à primeira fase do processo de planejamento estratégico e procura verificar qual é a real situação da empresa em relação à seus aspectos internos e externos.


A depender do modo que for realizado, pode trazer dados de TODOS os aspectos da empresa, desde lucro por produto, marketing da empresa, eventuais despesas, e por ai vai.


Resumindo: é com esse diagnóstico que você vai realmente "apalpar" os dados da sua empresa, e a partir dai, traçar as ações de melhorias no que precisar. Para entender melhor, olhe o exemplo abaixo:


Planejando um jardim de frutos

Imagine uma pessoa que está iniciando um pomar de frutos, ele compra as sementes, um regador, tem um terreno para o plantio, e simplesmente começa.


Joga suas sementes no solo, e todos os dias rega cada uma delas.


Porém, depois de uma semana ele percebe que os brotos não estão desenvolvendo, mesmo ele regando todos os dias...


Alguns dias se passam, e ele decide chamar um jardineiro para observar suas sementes, e descobrir talvez o que há de errado.


Depois de uma rápida análise na situação, o jardineiro percebe que as sementes eram de plantas não apropriadas para a região, por suas condições climáticas, e precisava de um cuidado especial, além de estarem afogadas, pois não poderiam ser regadas todos os dias como o homem estava fazendo.


Agora considere o exemplo de um jardim bem preparado, com solo enriquecido e plantas apropriadas – a colheita com certeza seria abundante.


Da mesma forma, um diagnóstico bem elaborado definirá com mais clareza o curso de ação correto e mostrará os próximos passos que uma empresa deve tomar, pois antes de tudo, mostra a situação atual da empresa, e assim te trás clareza no que fazer.


Um diagnóstico 360 graus objetivo deve ser elaborado para ajudá-lo a analisar as diversas funções organizacionais do seu negócio e identificar oportunidades e ameaças específicas ao seu campo de atuação.


Ele sintetiza e interliga pontos fortes e fracos (ambiente interno), bem como oportunidades e ameaças (ambiente externo).


Como fazer um diagnóstico estratégico?


Antes de tudo, é muito importante alinhar os objetivos e metas do seu negócio, veja abaixo como fazer um diagnóstico estratégico assertivo e eficiente:


Estabeleça um plano de ação



Para manter o foco no objetivo principal e evitar ficar sobrecarregado com muitas informações, é essencial montar um plano de ação que defina as perguntas mais importantes que você pode estar fazendo:


  • Qual é a sua participação de mercado?

  • Quais mercados estão crescendo?

  • Quais são os produtos mais procurados?

  • Quais são as últimas tendências de consumo?

  • Quem são os players mais inovadores do mercado?

  • Como o mercado percebe meu negócio?


O próximo passo é identificar quais fontes de informação estão disponíveis.


Experimente fazer uma pesquisa de mercado, buscar na internet tendências para o seu ramo nesse período, e tente alinhas seus produtos/serviços com essa pesquisa.


Envolvendo seus colaboradores

Ao realizar um diagnóstico, também é importante tomar o pulso interno da organização, coletando informações úteis sobre seus principais pontos fortes e fracos.


Para avaliar objetivamente a situação atual, é fundamental ter uma visão global dos pontos de vista dos colaboradores e não apenas da gestão.


Esta parte da investigação pode ser conduzida como entrevistas ou grupos focais, mas é fundamental selecionar o método certo e garantir que os participantes possam expressar livremente o que pensam em uma atmosfera construtiva para impulsionar a organização.


Aqui estão alguns exemplos de perguntas a serem feitas neste contexto:


  • Quais são os principais pontos fortes da empresa?

  • Quais podem ser desenvolvidas para aumentar a alavancagem?

  • Quais são os principais pontos fracos da empresa?

  • O que poderia impedir seu crescimento?

  • Todos os produtos e serviços da empresa são relevantes?

  • Você é bem sucedido em cumprir sua missão?

  • O que você poderia melhorar?

  • O que você sabe sobre as necessidades, satisfação e expectativas de seus clientes?

  • O que você deve melhorar?


Uma parte externa neutra e objetiva pode ser útil para facilitar a troca de ideias e informações durante esse processo, como um consultor.


Consultar partes externas neutras também é muito importante, e o consultor é a pessoa ideal para isso. Por ter experiência e expertise no assunto, ele pode ajudar o seu negócio a tomar o melhor caminho para atingir os resultados desejados (que foram planejados antes)


O foco de um diagnóstico interno é abordar todas as funções de sua organização, incluindo vendas e marketing, finanças, operações, recursos humanos, etc.


Assim, é importante fazer perguntas para abordar todos os aspectos, a fim de traçar o perfil mais exaustivo a empresa.


Ferramentas para auxiliar:

Se achou complicado elaborar um diagnóstico estratégico dessa maneira, ou se prefere automatizar por falta de tempo, existem alguns métodos e ferramentas para te auxiliar.


A mais eficaz e mais conhecida, é a análise SWOT. (ou FOFA)


A análise SWOT vai diagnosticar todos os aspectos internos e externos do seu negócio, e vai exibir (se realizada de maneira correta) tudo que está sendo realizado, e de que maneira.


Dessa forma, podemos analisar e decidir o que deve ser melhorado, e depois traçar as ações de melhoria para tal ponto, sempre visando o crescimento futuro do seu negócio


Tem um produto com alta taxa de lucro, mas tem pouco volume de venda? melhore suas campanhas de marketing para esse produto!


São insights como esse que você terá (de maneira muito mais ampla) realizando uma análise SWOT.


Realizar uma análise SWOT não é a tarefa mais simples, e requer muito conhecimento (em breve, um artigo sobre como elaborar uma, talvez...) Pois qualquer informação negligenciada ou analisada de forma incorreta, pode resultar em danos e prejuízos ao seu negócio.


Por isso, o mais indicado a se fazer, é contratar um consultor para fazer uma análise para assim garantir que as informações sejam tratadas de maneira correta, e que a partir das mesmas, seja elaborado um planejamento de ações para as melhorias desejadas, para assim atingir as metas e objetivos.



Espero que tenha ajudado sua empresa, aproveite e conheça nossos artigos!



4 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo