Siga o nosso Instagram

Inscreva-se no nosso canal do YouTube

YouTube-community-captions-feature-endin
Oferta-de-email 297.png
Prancheta 1.png
conte%C3%BAdo_edited.png
Prancheta 2.png
  • Thiago Silva

Margem de Contribuição como principal indicador para a neutralização de caixa.

Atualizado: 23 de Mai de 2020

De que maneira você controla a margem de contribuição do seu negócio?

Reflita na sua resposta, pois essa ferramenta é decisiva para estabelecer sua empresa como berço de lucros ou prejuízos.

O cálculo da margem de contribuição provê preciosas informações para a tomada de decisão dos gestores, expondo se as vendas são capazes de cobrir as despesas e custos e provavelmente gerar o excedente esperado.


A margem de contribuição é um informativo que revela quanto dinheiro excedeu da receita de vendas de um produto, tendo em vista o pagamento de custos fixos e custos variáveis.

Sendo assim, a “contribuição” trata-se da parcela do preço de venda que supera os custos e despesas variáveis, ajudando de forma precisa, para a neutralização dos custos fixos e aumento da lucratividade ou seja ela determina se a receita das vendas é suficiente para pagar custos e despesas e ainda proporcionar o devido lucro à empresa.

Assim, para chegar à margem de contribuição, é preciso considerar tanto os custos e despesas variáveis que surgem com a própria produção e venda quanto os custos fixos que precisam ser cobertos.


Como eu Posso Calcular?


Para calcular sua margem de contribuição, você precisa de três valores: preço de venda (PV), custo variável (CV) e despesa variável (DV).

Depois de obter números exatos, você pode utilizar a seguinte fórmula:

MC = PV – (CV + DV)


Nesse caso, o resultado será em valor monetário.

Se você preferir o percentual da margem de contribuição, basta dividir o resultado pelo preço de venda do produto e multiplicar por 100.


Por que se preocupar com a Margem de Contribuição?



Todo empresário quer ter um negócio lucrativo, então todos devem se preocupar com a margem de contribuição.

Como um dos indicadores mais importantes para a saúde financeira da empresa, a margem de contribuição oferece informações objetiva que pode ser avaliada mês a mês.

Assim, você tem em mão relatórios precisos sobre o grau de despesas e desempenho dos produtos, além de ter a possibilidade de comparar períodos para decidir quais estratégias devem ser mantidas ou atualizadas.


Como Posso Aumentar Minha Margem de Contribuição?



A estratégia para aumentar a margem de contribuição resulta de uma série de fatores, tais como as dinâmicas do mercado, concorrência, negociações com fornecedores e vários outros aspectos.

Todo gestor precisa ir atrás de uma melhor margem de contribuição para seus produtos, mas o grande problema é fazer isso sem prejudicar a competitividade.

A estratégia mais eficiente para expandir o indicador costuma ser a redução de custos e despesas variáveis, antes de qualquer decisão de alterar o preço de venda.

Assim, vale mais a pena negociar suprimentos, investir em equipamentos mais econômicos, melhorar a infraestrutura e investir em gestão do negócio através de consultorias administrativas.